A Páscoa na visão do Vedanta

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Jesus de Nazaré (4 a.C. – 33 d.C.), o Cristo

Jesus de Nazaré (4 a.C. – 33 d.C.), o Cristo

» por Andrês De Nuccio, do Instituto Ísvara, de Campinas (SP)

Vedanta é uma tradição que vem preservando e transmitindo, de geração a geração, o conhecimento da real natureza daquela parte de nosso ser que chamamos de Eu.

Num sentido amplo, Vedanta é todo ensinamento que leve o estudante a uma apreciação correta de sua própria natureza.

A nossa cultura nos transmitiu conceitos a respeito do que somos, através de nossos pais, professores e adultos significativos na infância, e através da televisão, jornais, e demais mídias formadoras de opinião na vida adulta.

Ao longo da nossa vida, fomos construindo respostas para a pergunta básica e fundamental: “quem sou eu?”. E essas respostas nos levam a viver do modo como estamos vivendo.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

5 de janeiro de 1893, dia do nascimento de Paramahansa Yogananda

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Paramahansa Yogananda (1893 - 1952)

Paramahansa Yogananda (1893 – 1952)

Mahavatar Babaji, em seu primeiro encontro com Sri Yukteswar, disse que sentia vibrações de muitas almas sedentas de espiritualidade vindas até ele, como um dilúvio, vibrações muito distantes, provenientes da América e da Europa.

Percebendo santos em potenciais nesses lugares, esperando apenas serem despertados, Babaji comunicou a Sri Yukteswar que lhe enviaria mais tarde um discípulo para ser treinado com a meta de disseminar o Yoga pelo Ocidente.

Muito tempo depois, em 5 de janeiro de 1893, na cidade de Gokakhpur, no nordeste da Índia, próximo das cordilheiras do Himalaia, nascia Mukunda Lal Gosh, quarto filho de Bhagabati Charan Gosh e de Gurru Ghosh.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Técnicas e métodos para o despertar da consciência

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Entrevista com Robert Broughton

www.robertbroughton.comCristina – Quais são as suas técnicas e métodos?

Robert – Essa questão “quais são as suas técnicas e métodos”, assim formulada, é compreensí­vel, porque essa é a maneira que nós fomos condicionados desde crianças; a maneira como nós vivemos é mais conectada com fazer do que com ser. Então somos orientados para métodos e técnicas em relação a tudo. E a melhor coisa que uma técnica e um método podem fazer é dar uma experiência temporária do que está além da mente. Assim que você termina de praticar o método ou a técnica, a mente volta imediatamente. E essa maneira de viver orientada em métodos e técnicas tem a sua utilidade. Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...