Para que lado giram os chakras?

Compartilhe esse conteúdo com alguém...
0 Flares 0 Flares ×

» por Pedro Kupfer

os chakras e suas coresAo meditar nos chakras, você não deve prestar atenção ao corpo físico, mas ao corpo sutil, no espaço interior. Pense nos chakras como redemoinhos com o centro mais claro que as extremidades, girando vertiginosamente em ambos os sentidos. Você poderá perguntar: “Em ambos os sentidos? Como assim?”. Assim mesmo. Os chakras giram em ambos os sentidos. E giram muito rapidamente.

O processo respiratório não é apenas inspirar ou apena expirar. Os chakras não giram só para a direita ou só para a esquerda. O universo é expansão e recolhimento, em todos os planos. Quando se medita sobre um chakra, uma das coisas que precisa fazer-se é ver qual é o movimento dominante nele, se horário ou anti-horário. O movimento horário faz com que o chakra projete energia para fora. O anti-horário é para captar energia do ambiente. Isso é fácil de se conseguir com um pouquinho de prática, usando a intuição. Raramente falha.

ChakrasComo acabar definitivamente com a dúvida sobre o sentido do giro? Yata Brahmande tata pindade: “assim como é no Universo, assim também é no ser”. O mesmo exemplo que se usa na física para explicar o fluxo dos campos magnéticos, se aplica perfeitamente ao movimento dos chakras.

Faça assim: feche o punho da sua mão direita e deixe o polegar para cima. Com uma caneta, desenhe uma flecha na gema do polegar e uma flecha nos lados visíveis dos dedos indicador e mínimo, com as pontas voltadas em direção às unhas.

Lembre que a energia sempre circula desde o punho para as pontas dos dedos. O polegar simboliza a energia que entra ou sai do chakra. Vamos checar por exemplo em que sentido está girando neste momento seu svadisthana chakra. Feche os olhos e concentre-se no chakra.

Observe-o, respirando profundamente durante alguns instantes. Concentre-se no sentido do giro. Se o chakra estiver girando em sentido horário (ou seja, se estiver girando no mesmo sentido que os ponteiros do relógio, quando você olha de frente para ele), você apoia o punho com o lado do dedo mínimo voltado para o seu ventre.

O giro do chakra coincide com o sentido da seta que você desenhou no dedo mínino. Aí você repara que a energia está saindo, conforme indica a seta do seu dedo polegar. Se for ao contrário, se o seu chakra estiver captando energia do ambiente, ele tenderá a girar em sentido anti-horário. Nesse caso, observe a seta desenhada no seu dedo indicador e volte o polegar em direção ao seu ventre. Isso vai lhe dar a pauta do movimento predominante. Mas não esqueça que eles giram em ambos os sentidos.

Faça o seguinte experimento: encha um aquário com água limpa. Prepare separadamente dois copos de água tingida com anilina da mesma cor: um deve ser de cor bem intensa, enquanto o outro deve ter uma cor mais clara. Jogue ambos os líquidos coloridos ao mesmo tempo no aquário e observe. O que você vê? Quando as águas se misturam, dá a nítida sensação de que a cor mais forte está “entrando” na cor mais clara. Mas, em verdade, o que acontece é que as partículas de água mais clara também estão “entrando” na água mais escura. Da mesma forma, quando você vê um chakra girando, apenas percebe o movimento aparente dele, aquele que prevalece. Os chakras sempre giram em ambos os sentidos, mas sempre predomina um.



Yoga Prático


Texto extraí­do das páginas 194 e 195 da edição, de fevereiro de 2001, do livro Yoga Prático (1998),de Pedro Kupfer (Fundação Dharma, Florianópolis), e originalmente republicado em 24 de julho de 2000 em www.yoga.pro.br.

Pedro Kupfer
Pedro Kupfer nasceu em Montevidéu, Uruguai, em 1966. Descobriu o Yoga em 1982, aos 16 anos de idade, e pratica, aprende, estuda e ensina desde então. Considera o Yoga mais como uma forma de vida do que uma atividade que simplesmente se faz dentro de uma sala. Pedro escreveu e traduziu vários livros sobre Yoga, além de integrar o Conselho Editorial das revistas Cadernos de Yoga e Yoga Journal e editar o website yoga.pro.br, veículos especializados nessa cultura. Fez várias viagens de estudos à Índia e a outros países do Oriente e, atualmente, mora na praia de Mariscal, em Santa Catarina. Quando não está viajando, ensinando ou praticando, gosta de cantar, surfar e cozinhar. Visite o site do Pedro em www.yoga.pro.br

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Comentários

Para que lado giram os chakras? — 2 Comentários

  1. Ainda tenho dúvidas sobre para que lado girar o chakra… No caso, só para informação: se giro no sentido horário, não teria que me colocar como se fosse um relógio e não visualizá-lo, porque se me coloco como um relógio, o círculo no sentido horário é para a esquerda, e se olho o relógio a minha frente, o sentido horário é para o lado direito. Grata!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *