Criar bons hábitos e destruir maus hábitos

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Cristiano em vajrasana, a postura do diamente, na sala de Yoga do Ar+Zen » foto por Cristiane Brito

Cristiano em vajrasana, a postura do diamente, na sala de Yoga do Ar+Zen » foto por Cristiane Brito

» por Paramahansa Yogananda (1893 – 1952)

A mente pode lhe dizer que você é incapaz de libertar-se de um hábito em especial, mas os hábitos são apenas repetições de seus próprios pensamentos, e, esses, você tem a capacidade de mudar. A maioria das pessoas que decide parar de fumar ou de comer doces em demasia continua a realizar tais atos, malgrado seu. Elas não mudam, porque as suas mentes, como esponjas, absorveram os seus hábitos de pensar. Hábito significa que a mente acredita não poder se livrar de determinado pensamento. O hábito é tenaz, sem dúvida. Uma vez praticado, um ato deixa um efeito ou impressão na sua consciência. Como resultado dessa influência, você tem probabilidade de repetir esse ato.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

O agora tem um poder indescrití­vel » entrevista com Robert Broughton

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Robert Broughton» por Rose Mary Bezerra

Não existe nada de errado em sofrer. É através do sofrer que cada um se volta e olha para dentro de si. O estado natural do sersatisfação, contentamento, bem-estar e paz – está sempre com cada um, na presença de cada momento. O esquecimento disso nos retira do agora. Foi o que descobriu o australiano Robert Broughton, músico que largou o rock para trilhar um caminho espiritual, virou vendedor e descobriu o poder de estar presente. Ele esteve em Fortaleza nos dias 5 a 7 de dezembro de 2008 ministrando o workshop O Poder Além da Mente. Leia aqui a entrevista concedida ao suplemento Viva do jornal Diário do Nordeste por e-mail.

Rose – Poderia nos esclarecer por que o agora tem tanto poder?

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...