Prática completa de Hatha Yoga com Pedro Kupfer

Compartilhe esse conteúdo por meio do


Prática de Hatha Yoga do Prof. Pedro Kupfer (1966-), do yoga.pro.br, publicada em 28 de março de 2020 no seu canal Pedro Kupfer no YouTube.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Benefícios de kurmasana, a postura da tartaruga, segundo Lino Miele

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Kurmasana e supta kurmasana, a postura da tartaruga, em desenho por John Scott

Kurmasana e supta kurmasana, a postura da tartaruga, em desenho por John Scott

» por Lino Miele (1)

Esses asanas, kurmasasana, a postura da tartaruga, e supta kurmasana, a postura da tartaruga adormecida, têm efeito estimulante sobre o kanda. O kanda não é um elemento físico. Ele encontra-se no corpo sutil, e é a raiz, a fonte de onde se originam todos os nadis. Está localizado a 4 polegadas abaixo do umbigo, acima do assoalho pélvico. Tem a forma de um ovo e provê suporte a 72.000 nadis (canais de energia vital).

Veja MAIS »

  1. Texto extraído da página 58 do livro Astanga Yoga (1996, 2009), de Lino Miele, com tradução de Regina Ehlers, Editora Jaboticaba, São Paulo, e digitado por Cristiano Bezerra em 18 de dezembro de 2018. []
Compartilhe esse conteúdo por meio do

Afinal, o que é Tantra?

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Sri Yantra

Sri Yantra


» por Mauricio Wolff

Tantra é um sistema de conceitualização do universo, um modo de explicar porque a existência existe e como ela funciona. Assim como os Vedas.

Segundo Herbert Von Guenter, estudioso do Buddhismo, os tantras “contém uma visão muito íntegra e saudável da vida”.

No seu livro Tantra, Georg Feuerstein afirma que o surgimento dos tantras deve-se ao fato deles serem mais adequados às necessidades da Kali Yuga, era caracterizada pela velocidade e preferência a ilusão à verdade.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Ashtanga Yoga, o Yoga de Patañjali

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Patañjali

Patañjali


» por Pedro Kupfer (1966-), do yoga.pro.br

Ashtanga Yoga é o sistema organizado pelo sábio Patañjali no Yoga Sutra. Esse sistema tem oito (ashta) partes (angas): yama, niyama, asana, pranayama, pratyahara, dharana, dhyana e samadhi.

As duas primeiras partes, yama e niyama, são as proscrições (não ferir, não mentir, não roubar, não desvirtuar a sexualidade e não cobiçar nem se apegar), e prescrições (pureza, contentamento, austeridade, auto-estudo e auto-entrega ao Senhor) éticas.

Asana, o terceiro estágio, são as posturas físicas e o trabalho sobre o corpo. A posição correta permite a prática de pranayama e pratyahara, os próximos passos.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo por meio do