Introdução do livro Mergulho na Paz

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Capa do livro Mergulho na Paz» por José Hermógenes (1921-)

Sei muito bem do drama dos pássaros,
a disputar audiência
com os grandes ruí­dos do tráfego.

Agradecimento

As primeiras edições foram êxito de livraria. Foram consumidas. A sociedade de consumo aprovou-as! Como pode ter acontecido, se não fiz concessões, não adocei a pí­lula e fiz frontal e claramente as contestações que supus necessárias?!

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Jñana Yoga, a sabedoria que liberta

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

» por José Hermógenes (1921-)

Sri Shankara (788-820 d.C.) e discípulosE conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará.
João, 8:32


A alienante ignorância diz: “Deus é Divino, e eu, humano; Deus é Perfeição, e eu, pecado; Deus é Luz, e eu, sombra; Deus é Liberdade, e eu, servidão; Deus é Paz, e eu, conflito; Deus é Unidade, e eu, pedacinhos desarmônicos; Deus é Bem-Aventurança, e eu, sofrimento; Deus é Opulência, e eu, pobreza; Deus é Plenitude, e eu, vazio… Deus é grande demais. Deus está infinitamente fora de meu alcance…”

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...