A prece do bom administrador

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Francisco de Assis (1182 - 1226)

Francisco de Assis (1182 – 1226)

» por Professor Hermógenes (1921-2015)

“Senhor,
Fazei de mim um instrumento de Vossa PAZ.
Onde houver ódio, que eu leve o AMOR.
Onde houver ofensa, que eu leve o PERDÃO.
Onde houver discórdia, que eu leve a UNIÃO.
Onde houver dúvida, que eu leve a FÉ.
Onde houver erro, que eu leve a VERDADE.
Onde houver desespero, que eu leve a ESPERANÇA.
Onde houver tristeza, que eu leve a ALEGRIA.
Onde houver trevas, que eu leve a LUZ.

Ó, Mestre,
Fazei que eu procure mais
consolar que ser consolado.

Compreender que ser compreendido.
Amar que ser amado.


Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

O que é sábio esperar do Yoga?

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Professor José Hermógenes em padmasana na década de 1960

Professor José Hermógenes em padmasana na década de 1960

» por Professor Hermógenes (1921-2015)

Damos toda a razão a quem pretender com o Yoga melhorar suas condições físicas e psicológicas. Você poderá colher tais frutos. Seu corpo remoçará, como o desejo. Os sinais de decadência física, própria da idade avançada, seguramente serão retardados ou substituídos pelos aspectos juvenis que dão encanto às pessoas moças. As adiposidades desaparecerão. A cor rosada e sadia brilhará em seu rosto. As linhas elegantes, o tórax desenvolvido, a harmonia dos gestos, o porte ereto, tudo enfim que embeleze a figura, se encontram a seu dispor. No plano psicológico, alcançará, concomitantemente, outras tantas vantagens. Ao tratar de cada asana e de cada pranayama, em Autoperfeição com Hatha Yoga e em Yoga para nervosos, fiz referência a vantagens terapêuticas. Essas referências foram retiradas de tratados respeitáveis bem como de minha experiência com milhares de casos.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

O Yoga e o Ocidente

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Carl Gustav Jung (1875-1961)

Carl Gustav Jung (1875-1961)

» por Carl Gustav Jung (1875-1961) 1

Há pouco menos de um século o Ocidente adquiriu alguma noção do Yoga. Embora seja verdade que há mais de dois mil anos tenham chegado à Europa os mais variados tipos de narrativas maravilhosas provenientes da Índia fabulosa, com seus sábios e céticos onfálicos, contudo, só mediante os primeiros contatos com as Upanishads, trazidas ao Ocidente por Anquetil du Perron, teve início um verdadeiro conhecimento da filosofia hindu e da prática filosófica da Índia. Mas um conhecimento mais geral e mais aprofundado só foi possível graças ao trabalho de Max Muller, Oxford e aos Sacred Books of East, editados por ele. Esse conhecimento real, no entanto, restringiu-se inicialmente aos indólogos e filósofos. Mas o movimento teosófico, encadeado por Madame Blavatsky, não tardou em apoderar-se das tradições orientais e as colocou ao alcance do público.

Veja MAIS »

  1. Texto originalmente publicado em tradução inglesa em Prabuddha Bharata, Calcutá, fevereiro de 1936. []
Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Chega de remédios falsos » entrevista com o Professor Hermógenes

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Professor Hermógenes no Retiro de Carnaval de 2008

Professor Hermógenes no Retiro de Carnaval de 2008

Diante da perspectiva de uma crise econômica, ética e moral, o Prof. José Hermógenes nos afirma, em 1998, a simples e eficiente receita de nos encontrarmos com o verdadeiro propósito do Yoga. Ele próprio já é um manifesto vivo. Mesmo assim, seu depoimento resulta numa fervorosa defesa da essência dessa prática milenar.

Adilson Cabral – Como foi o início de sua trajetória no Yoga?

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...