Assista aqui o documentário Terráqueos (Earthlings, 2005)

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Terráqueos (Earthlings, 2005)

Terráqueos (Earthlings, 2005)

Este é um provocante documentário que expõe a desnecessária e cruel dependência que a humanidade mantém em relação aos animais como comida, vestimenta, entretenimento e experiências. Filmado com câmeras ocultas nas maiores indústrias animais do mundo, revela o dia-a-dia das mesmas.

Com um estudo profundo em pet shops, fábricas de filhotes e abrigos de animais, como também em fazendas industriais, o comércio de couro e de peles, as indústrias de esportes e entretenimento, e finalmente a profissão médica e cientí­fica, Earthlings usa câmeras escondidas e imagens nunca antes vistas para demonstrar as práticas cotidianas de algumas das maiores indústrias do mundo, todas as quais dependem totalmente de animais para o lucro. Poderoso, informativo e provocador, Earthlings é de longe o documentário mais compreensí­vel já produzido na correlação entre a natureza, animais e os interesses econômicos humanos. Existem muitos filmes valiosos sobre direitos dos animais, mas este transcende o cenário. Earthlings grita para ser visto!

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

O que é pranayama?

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

» por Pedro Kupfer
yogi tibetano
Pranayama consiste em controlar o processo
de inspirar (shvasa) e expirar (prashvasa)
Patañjali, Yoga Sutra, II:49

A vida começa com a primeira inspiração e se prolonga até a última exalação. O alento é a vida, que flui com tal naturalidade que são poucos os momentos em que percebemos o seu valor. No entanto, se compararmos os elementos vitais para a existência, esse vai ocupar o primeiro lugar: sem alimento consegue-se subsistir durante várias semanas, sem água alguns dias, sem ar durante alguns minutos, mas sem prana, sem energia, não podemos subsistir nem um segundo sequer.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

A prática de asanas

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Lara Zinn-Burmistrak em bakasanapor Marcos Taccolini

Atuação da prática

Você já deve ter verificado que suas emoções, esforço mental, estresse e tudo o que vivencia a cada dia é somatizado no corpo e na musculatura, eventualmente gerando contrações ou até mesmo dores localizadas. Se o que ocorreu foi um estresse no trabalho, você pode ter ficado, por exemplo, com o pescoço contraí­do; se foi um problema emocional, poderá observar que a respiração foi afetada; se exagerou na prática de esportes, seus músculos poderão ficar doloridos. É como se fôssemos mapeados: qualquer coisa que acontece conosco, quer seja na esfera fí­sica, emocional, mental, ou ainda mais sutil, tem um impacto direto sobre nosso veí­culo mais denso, que é o corpo fí­sico.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...