Aceitando as pessoas e situações como elas são

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Camila Reitz em utthita hasta padangustasana» por Camila Reitz

Sempre fui uma pessoa que não se conforma facilmente com os fatos que envolvem injustiça, falta de caráter e, principalmente, acontecimentos que são desagradáveis para mim. Também sempre tive muita dificuldade em aceitar as pessoas como elas são, principalmente quando elas não são exatamente como eu gostaria que fossem. Sou uma pessoa comum, não diferente de todas as que julgam e tem aquela frase formada na ponta da língua: “na situação dele ou dela, EU faria de outra forma”.

Confesso que percebi, ao longo dos anos, que esse tipo de postura só fazia mal a mim mesma, afinal esse inconformismo produzia um sentimento de frustração muito grande que levava a um estado de raiva e não aceitação dos fatos. Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Meditação

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Satsanga com Svami Dayananda e Gloria Arieira no Rio de Janeiro em 1990por Svami Dayananda Sarasvati

Durante as suas palestras no Rio de Janeiro, em janeiro de 1984, Svami Dayananda Sarasvati dedicou uma atenção especial í  meditação. Este artigo é uma condensação do que ele disse sobre esse assunto ao longo de várias palestras. Inicialmente, há uma introdução e uma definição do que é meditação. A seguir, a meditação em si, conduzida pelo próprio Svami Dayananda. Por último, o papel dessa meditação na nossa vida diária.

Hoje em dia, quando se diz que vai chover no final de semana, as pessoas dizem: “Oh! Más notí­cias”. Porém, se as chuvas não vierem nunca, você não terá um mau final de semana: terá um mau ano, sem água na torneira. Isso é um condicionamento. É assim que olhamos as coisas. Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

A felicidade é minha natureza essencial

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Entrevista com Gloria Arieira

Gloria ArieiraComo ser feliz em um mundo complicado como o nosso? A professora carioca Gloria Arieira, 47 anos1, encontrou um caminho. Estudou na Índia por muitos anos e encontrou respostas para sua busca pessoal. Ela nos conta um pouco de sua história.

O Atma – Quando começou seu interesse pela filosofia hindu?

Num momento de busca pessoal. Procurava nos livros e em palestras um caminho. Foi quando, em 19732, conheci o Swami Chinmayananda. Veja MAIS »

  1. Em outubro de 2000, pois nascera em 2 de julho de 1953 (Nota do Editor). []
  2. Aos 20 anos de idade (Nota do Editor). []
Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Entrevista com Gloria Arieira no eYoga.com.br

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Conheça a história da estudiosa, os segredos de sua viagem à Índia e o amor pelo que é védico.

Gloria Arieira e Marie Furlanetti em Teresópolis (RJ) » julho de 2008» por Thays Biasetti

Uma das mais respeitadas estudiosas dos Vedas e tradutora de sânscrito no Brasil, Gloria Arieira largou sua vida no país para viver quatro anos na Índia e estudar com Svami Dayananda, seu mestre. Desde seu retorno, dedica-se a promover o Vedanta e o sânscrito no Brasil e na Argentina, além do trabalho de tradução para o português de textos em sânscrito. Confira o bate-papo com a estudiosa sobre sua vida, a viagem à Índia e a paixão pela cultura védica.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...