Yoga, caminho para Deus

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Jesus de Nazaré (4 a.C. - 33 d.C.), o Cristo, retratado em pintura

Jesus de Nazaré (4 a.C. – 33 d.C.), o Cristo, retratado em pintura

» por Professor Hermógenes (1921-2015) (1)

A Jesus, pelo que disse como ensino, pelo que ensina sem dizer, pelo que deu de amor, pelo que aceitou e perdoou, pelo que foi, é e será na Eternidade.

A Jesus – Amor, Verdade e Ação – que nos leva de volta ao Pai.

A meu amado Guru, Jesus, o Cristo, este livro e todo o meu ser.


Convite

Veja MAIS »

  1. Texto extraído das páginas 19 a 33 da 12ª edição, de 1996, do livro Yoga: caminho para Deus (1984), do Professor Hermógenes (1921-2015), Editora Nova Era, Rio de Janeiro, e digitado por Cristiano Bezerra em 14 de junho de 2001. Visite o site do Instituto Hermógenes em hermogenesyoga.com.br []
Compartilhe esse conteúdo por meio do

O Presente que Ele sempre quis

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Maria de Nazaré e o menino Jesus

Maria de Nazaré e o menino Jesus

» por Professor Hermógenes (1921-2015) (1)

É quase novo milênio! E é dia de festa. Dia de Natal, de natalício, de aniversário.

Aniversário, logo de quem?! Do menino Jesus!

Então, viva o aniversariante!

É tempo de Papai Noel, nas lojas e na mente da meninada.

Veja MAIS »

  1. Texto extraído das páginas 15 a 29 da edição, de 2000, do livro O Presente (2000), do Professor Hermógenes (1921-2015), Editora Letraviva, Brasília, e digitado por Cristiano Bezerra em 24 de dezembro de 2010. Visite o site do Instituto Hermógenes em hermogenesyoga.com.br []
Compartilhe esse conteúdo por meio do

Introdução do livro O Presente

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Capa do livro O Presente

Capa do livro O Presente

» por Professor Hermógenes (1921-2015) (1)

Mestre,

Antes, em nossa casa-paraíso, na Tua presença, nada nos faltava e nos inebriávamos com Tua luz, Tua paz, Teu poder, e nos sentíamos totalmente libertos, desfrutávamos a doçura da saúde plena e da bem-aventurança. Depois, seduzidos pela magia do mundo, partimos para um aventureiro auto-desterro, e, com isso, fomos tomados pela penúria espiritual, pelo vazio, pelo tédio, pela neurose, pelo pavor… Por conta própria, deixamos de ser Teus príncipes e, passado algum tempo, nos vimos “passando fome em país distante”, alimentando os porcos de um mau patrão.

Veja MAIS »

  1. Texto extraído das páginas 13 e 14 da edição, de 2000, do livro O Presente (2000), do Professor Hermógenes (1921-2015), Editora Letraviva, Brasília, e digitado por Cristiano Bezerra em 27 de novembro de 2010. Visite o site do Instituto Hermógenes em hermogenesyoga.com.br []
Compartilhe esse conteúdo por meio do

Yoga e política

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Sri Krishna e os cinco irmãos Pandavas, personagens do épico indiano Mahabharata

Sri Krishna e os cinco irmãos Pandavas, personagens do épico indiano Mahabharata

» por Tales Nunes

O objetivo do Yoga não é político em si. Você pode alcançar o objetivo do Yoga sem sequer falar de política. Moksha pode se dar numa caverna nos Himalaias. Mas isso não quer dizer que a política não esteja no Yoga.

Quando Patañjali fala dos oito membros do Yoga, como o suporte para o reconhecimento de si mesmo, ele começa pelos valores. Não é uma moral, é uma ética muito profunda. É uma ética em favor da estética, de uma vida mais bela e mais harmônica para todos. O fundamento dessa ética é a não violência. A não violência não consiste apenas em não matar ou não agredir. É um profundo respeito por todas as formas de vida, seja ela humana, em toda a sua diversidade, ou natural em toda a sua grandeza e delicadeza.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo por meio do