Resenha do DVD Yoga Básico e Meditação com Marco Schultz

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

DVD Yoga Básico e Meditação com Marco Schultz

DVD Yoga Básico e Meditação com Marco Schultz

» por Cristiano Bezerra

Marco Schultz é formado em Educação Física e Ciência do Exercício, nos E.U.A., e se especializou em atividades de integração do corpo e da mente. Começou a trabalhar com Yoga e meditação em 1991 e hoje ministra aulas regulares em Florianópolis, onde reside, bem como cursos por todo o Brasil, além de organizar viagens para a Índia.

Este seu primeiro DVD, produzido pela H30 Television, foi gravado em Florianópolis e Garopaba em 2004, e lançado na primavera de 2005.

Seu propósito é fazer uma apresentação do Yoga através de uma videoaula de Hatha Yoga básico e outra de meditação, bem como quatro apresentações extras.

Toda a produção é direcionada a iniciantes, sendo acessível a praticantes de todos os ní­veis.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Vida de Yoga, Vedanta e Surf

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Entrevista com Pedro Kupfer

Pedro Kupfer surfando
Cadernos de Yoga: Você praticou diferentes linhas de Hatha Yoga. Como se deu o processo de tirar o foco da prática do corpo para o estudo de Vedanta?

Pedro Kupfer: A bem da verdade, não tirei o foco da prática corpórea, pois nunca deixei de praticar Hatha Yoga. O que mudou foi a minha relação com essa prática. Antes, acreditava que se fosse um bom menino e praticasse todos os asanas, pranayamas e meditações, o samadhi iria acontecer em algum momento, como por arte de mágica. Evidentemente, depois de mais de 10 anos praticando intensamente e esperando o tão ansiado momento, vi que esse caminho não iria me levar a lugar algum.

A inquietude que não cessava, a vontade de compreender o porquê desse aparente fracasso e a inquebrantável confiança que sempre senti pelo Yoga, me levaram a buscar outras soluções. Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Yoga para iniciantes: a teoria e a prática

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Aluna Raquel em sua aula de Yoga em casa em abril de 2017. Foto por Cristiano Bezerra.

Aluna Raquel em sua aula de Yoga em casa em abril de 2017. Foto por Cristiano Bezerra.

» por Rosana Biondillo

O Yoga é considerado uma disciplina prática. Numa aula, há várias partes que formam um conjunto harmônico. Cada uma dessas partes enfatiza um aspecto, como: preceitos éticos, posturas psicofísicas, respiração, relaxamento, concentração e meditação.

É um trabalho que integra corpo e mente de maneira consciente, promovendo uma reestruturação mental e orgânica do praticante. É por esse motivo que o mais apropriado é dizer “praticar Yoga”, e não “fazer Yoga”.

Porém, isso não significa que o Yoga não tenha teoria. Tem, e muita! Só que, por si só, essa teoria é mero conhecimento intelectual. Importantíssimo, sem dúvida. Porém, no contexto do Yoga, a teoria deve ser incorporada à prática. Tem que ser “experimentada”. O praticante que estuda os textos tradicionais do Yoga pode compreender melhor suas experiências e avançar em sua prática. Mas tem que praticar.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

O novo momento do Yoga

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Pedro Kupfer» Entrevista com Pedro Kupfer por Marcela Buscato

Esta entrevista sobre o novo momento que o Yoga está vivendo em nossa sociedade fez parte do trabalho de pesquisa da jornalista Marcela Buscato, da revista Época. Compartilhamos aqui, com nossos amigos e leitores, seções da mesma que não foram publicadas nesse semanário, esperando que gostem e desfrutem. A reportagem da Época, originalmente publicada em 31 de janeiro de 2011, pode ser lida em www.epoca.com.br.

Marcela Buscato: Depois de ler alguns livros e conversar com alguns profissionais, percebi que o Yoga parece viver um novo momento, e está sendo redescoberto como uma prática para quem quer buscar o equilíbrio, não necessariamente seguindo toda a filosofia da religião.

Pedro Kupfer: Em verdade, essa é outra leitura do Yoga, um pouco menos rasa, do que a visão que se tinha no meio da década de 1990, quando as academias de ginástica foram invadidas pela versão mais “física” do Yoga.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...