Introdução do livro Deus investe em você

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Capa do livro Deus investe em você, do Professor Hermógenes.

Capa do livro Deus investe em você, do Professor Hermógenes.

» por Professor Hermógenes (1921-2015)

Este livro é mais uma tentativa de estimular pensamento, reflexão e esforço que possam viabilizar a libertação d’Aquilo que, dentro de cada pessoa, cintila como faísca do Supremo Sol, mas que, envolto nos densos véus opacos de todas as manifestações do egoí­smo, é como se não existisse.

Mas existe mesmo, pois é a própria Vida.

Aprendi e tenho certeza: dentro de cada ser humano, o altar de Deus está iluminado pelo Amor, e é reino de pureza e luz, de liberdade e poder, de paz e perfeição.

Sei – e você também sabe – que todo esse tesouro está como que enterrado, e sem vez. É como se não existisse.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Krishna Das sonha música e liberdade…

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

… e faz canções que lhe trazem esse sabor, com simplicidade, fugindo do rótulo de pop-star.

Krishna Das» por Fernanda Sciacio

Ram Sri, Ram de Jaya, Ram de Jaya Jaya – Krishna Das canta “a Ram Sri, a Ram de Jaya, a Ram de Jaya Jaya” – os participantes repetem, ecoando. No estúdio de Yoga de Piedmont (EUA), Krishna Das – cujo nome foi dado por Maharaj-ji e significa “o empregado de Deus” – fecha os olhos e concentra-se por um momento. É o ritual que precede shows ou workshops por ele “ministrados”. Depois disso, dirige-se ao espaço destinado ao kirtan (ou canto) e posiciona-se com os percussionistas.

O formato de seu kirtan é de “chamada e resposta”, explica Krishna Das, sendo que ele canta uma linha do mantra e o grupo ecoa-a. A finalidade de repetir as palavras em sânscrito? Simples: a fusão com o divino.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Aceitando as pessoas e situações como elas são

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Camila Reitz em utthita hasta padangustasana» por Camila Reitz

Sempre fui uma pessoa que não se conforma facilmente com os fatos que envolvem injustiça, falta de caráter e, principalmente, acontecimentos que são desagradáveis para mim. Também sempre tive muita dificuldade em aceitar as pessoas como elas são, principalmente quando elas não são exatamente como eu gostaria que fossem. Sou uma pessoa comum, não diferente de todas as que julgam e tem aquela frase formada na ponta da língua: “na situação dele ou dela, EU faria de outra forma”.

Confesso que percebi, ao longo dos anos, que esse tipo de postura só fazia mal a mim mesma, afinal esse inconformismo produzia um sentimento de frustração muito grande que levava a um estado de raiva e não aceitação dos fatos. Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...