Comida e caráter

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Sri Sathya Sai Baba (1926 - 2011), educador indiano

Sri Sathya Sai Baba (1926 – 2011), educador indiano

» por Sri Sathya Sai Baba (1926 – 2011)

A humanidade é uma inseparável Unidade. Contudo, nós vemos que o homem tem diferenças de opinião, que existem constantes conflitos entre diferentes religiões, que existem tensões entre as castas e que um país é inimigo do outro.

Qual é a causa desses conflitos? A causa de todos esses conflitos e diferenças de opinião é a comida. A comida que você come causa todas essas diferenças, assim como é a comida que você come que determina o que você é, no final.

Existem três qualidades na comida que você consome: sattva (equilíbrio, pureza), rajas (agitação, atividade) e tamas (inércia, ignorância).

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Aceitando as pessoas e situações como elas são

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Camila Reitz em utthita hasta padangustasana» por Camila Reitz

Sempre fui uma pessoa que não se conforma facilmente com os fatos que envolvem injustiça, falta de caráter e, principalmente, acontecimentos que são desagradáveis para mim. Também sempre tive muita dificuldade em aceitar as pessoas como elas são, principalmente quando elas não são exatamente como eu gostaria que fossem. Sou uma pessoa comum, não diferente de todas as que julgam e tem aquela frase formada na ponta da língua: “na situação dele ou dela, EU faria de outra forma”.

Confesso que percebi, ao longo dos anos, que esse tipo de postura só fazia mal a mim mesma, afinal esse inconformismo produzia um sentimento de frustração muito grande que levava a um estado de raiva e não aceitação dos fatos. Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Yoga não é religião

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Yoga Vidya, a Sabedoria do Yoga - Conceitos Fundamentais» por Maria Alice Figueiredo

A palavra religião vem do latim religare, ou reunir, que tem o mesmo significado da palavra Yoga. No entanto, o Yoga não é um sistema de crenças, e sim um trabalho objetivo, sistemático, de caráter científico/experimental, que, por ativar a consciência nos níveis superiores de nosso ser, capacita-nos a vivenciar estados espirituais de modo direto e autêntico, independente de qualquer sistema interpretativo particular, como o Zen Buddhismo, mais do que todos os demais caminhos de auto-realização, tem o cuidado de enfatizar.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...