O que é Yoga?

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Aula de Yoga em casa. Aluna Raquel em virabhadrasana III, a terceira postura do guerreiro. Foto por Cristiano Bezerra.

Aula de Yoga em casa. Aluna Raquel em virabhadrasana III, a terceira postura do guerreiro. Foto por Cristiano Bezerra.


» por Karin Heuser Wolff

Existem várias linhas, vários métodos de Yoga, e neste artigo pretendo apresentar um apanhado geral do que é o Yoga, suas técnicas, o sistema de Patañjali e a ética do Yoga nos yamas e niyamas.

A palavra Yoga deriva da raiz sânscrita yuj, que significa jungir, atar, reunir, religar, dirigir e concentrar a atenção sobre, usar e aplicar. Significa também união ou comunhão, além de uma atitude da consciência que permite a alguém encarar a vida em todos os seus aspectos com equanimidade.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Yoga é Yoga, não é união

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Professor Hermógenes (1921-2015) no programa Sempre Um Papo, de Belo Horizonte (MG), em 3 de abril de 2009

Professor Hermógenes (1921-2015) no programa Sempre Um Papo, de Belo Horizonte (MG), em 3 de abril de 2009

» por Vitor Caruso Jr, do blog do Ciência Meditativa

Certa vez, o Professor Hermógenes (1921-2015) disse, em um encontro no espaço da Profª. Monserrat: “Devemos sim ser amorosos, mas não devemos abraçar um porco-espinho”.

O que isso quer dizer? Devemos nos unir a açougueiros, pecuaristas, políticos corruptos, gangues de rua, grupos neo-nazistas, seitas ou falsos líderes espirituais?

A tradução da palavra Yoga apenas como “união” leva algumas pessoas à errônea interpretação de que temos que abraçar a todos.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Prefácio do livro A Senda do Yoga, de Maria Laura Garcia Packer

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

» por José Hermógenes (1921-)

Gilmar Packer, Professor Hermógenes e Maria Laura Packer

Gilmar Packer, Professor Hermógenes e Maria Laura Packer

Será que conseguirei salvar o Yoga? – algumas vezes surpreendi-me agoniado, a fazer-me tão estranha pergunta. Agoniado, sim. Por que não? O Yoga me conduzira a uma cura espetacular que espantou acho que todos que acompanhavam o caso, incluindo o próprio médico que cuidava de mim e me aplicava o melhor da tecnologia médica dos anos 50. Em tempo recorde tive alta, contrariando os sombrios prognósticos cientí­ficos. Yoga, desde então, passou a ser-me a única ciência capaz de tornar o ser humano mais feliz, mais sadio, mais liberto, mais forte, mais sábio, mais capaz de passar a vida amando todos, servindo os aflitos, sempre a vencer, com a mente pura e alerta. Eu via, e continuo vendo, o Yoga como o melhor meio de trazer paz não somente a cada alma, mas à humanidade inteira.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...