Yoga e Psicoterapia

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Cristiano em preparatório do janusirshasana na sala de Yoga do Ar+Zen » foto por Ana Lorena Magalhães

Cristiano em preparatório do janusirshasana na sala de Yoga do Ar+Zen » foto por Ana Lorena Magalhães

» por Professor Hermógenes (1921-2015)

Tratamento psicoterápico é o que procura sanear (tornar ) a mente, fundamentando-se na tese de que as condições de desequilíbrio, desarmonia, impureza e inquietude mentais são responsáveis pelos transtornos físicos. É tratamento comprovadamente eficaz. Sua eficácia demonstra a solidez da tese.

As escolas de psicologia do inconsciente, principalmente a Psicanálise e a Auto-análise, têm sido as que melhor atendem aos fins psicoterápicos. Têm sido as mais utilizadas pelos especialistas de todo o mundo.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Ashtanga Yoga, o Yoga de Patañjali

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Patañjali

Patañjali


» por Pedro Kupfer (1966-), do yoga.pro.br

Ashtanga Yoga é o sistema organizado pelo sábio Patañjali no Yoga Sutra. Esse sistema tem oito (ashta) partes (angas): yama, niyama, asana, pranayama, pratyahara, dharana, dhyana e samadhi.

As duas primeiras partes, yama e niyama, são as proscrições (não ferir, não mentir, não roubar, não desvirtuar a sexualidade e não cobiçar nem se apegar), e prescrições (pureza, contentamento, austeridade, auto-estudo e auto-entrega ao Senhor) éticas.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Introdução ao Yoga Sutra

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Patañjali
por Maurí­cio Wolff

Historicamente, a base de todas as diversas abordagens de Yoga é o Yoga Sutra, que representa o resumo de muitas gerações de cultura yogika. Patañjali não criou o Yoga, mas limitou-se a sintetizar o conhecimento vêdico. Essa obra foi composta entre os séculos II a.C. e IV d.C.

Segundo Krishnamacharya, todos os conceitos do Yoga Sutra podem ser encontrados separadamente nos Vedas, nas Upanishads, no Samkhya Karika e em outros shastras. Essa obra, desenvolvida posteriormente por numerosos comentários, forma o texto base do Yoga como Darshana, isto é, um dos seis pontos de vista indianos sobre a Realidade última e os modos de aproximar-se dessa Realidade.

São ao todo 195 aforismos (sutras) que integram quatro livros:

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

O que é vinyasa krama?

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

» por Karin Heuser Wolff

Em todos os aspectos da prática do Yoga, é bom manter uma filosofia em mente: vinyasa krama. Nyasa significa colocar, dirigir, e, o prefixo vi, de uma forma especial; krama significa passo. Vinyasa krama se refere à forma com a qual abordamos a prática mental e fisicamente. Não basta apenas dar um passo. Esse passo precisa nos levar para a direção correta e precisa ser dado da maneira correta.

Vinyasa krama descreve um método de Yoga corretamente organizado. Nós observamos como progredimos, gradualmente, com total atenção, passo a passo. A idéia de dirigir a nossa atenção cuidadosamente nos ajuda a permanecer presentes e focalizados. Então, vinyasa não se refere somente ao movimento fí­sico da prática, mas à atitude com a qual nós abordamos a prática. Independentemente se a prática é de asana, pranayama ou outro aspecto do Yoga.

Um yogi famoso da antiguidade, chamado Vamana, disse que sem vinyasa os asanas do Yoga não podem ser dominados. O conceito de vinyasa krama é útil não somente para a prática de asanas, mas para organizar vários aspectos da nossa vida diária.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...