Uma outra maneira de ver os chakras

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Chakras em um yogi

Chakras em um yogi

» por Tales Nunes

Sempre ouvimos que os chakras deveriam ser visualizados ou sentidos. Como não conseguimos vê-los ou senti-los em toda a complexidade que é apresentada pelo Tantra, propomos interpretá-los de uma maneira diferente. Sugerimos, neste artigo, apenas pensarmos sobre os chakras.

Acreditamos que o caminho à iluminação proposto pela prática tântrica pode ser pensada como uma simbologia da nossa própria trajetória de vida e da nossa busca pessoal pela espiritualidade, ou melhor, pela liberação.

De acordo com o Vedanta, independentemente de etnia, nacionalidade ou crença, são quatro as buscas dos seres humanos: artha (segurança), kama (prazer), dharma (o correto agir) e moksha (a libertação).

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Para que lado giram os chakras?

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

» por Pedro Kupfer (1966-), do yoga.pro.br

Os chakras e suas cores

Os chakras e suas cores

Ao meditar nos chakras, você não deve prestar atenção ao corpo físico, mas ao corpo sutil, no espaço interior. Pense nos chakras como redemoinhos com o centro mais claro que as extremidades, girando vertiginosamente em ambos os sentidos. Você poderá perguntar: “Em ambos os sentidos? Como assim?”. Assim mesmo. Os chakras giram em ambos os sentidos. E giram muito rapidamente.

O processo respiratório não é apenas inspirar ou apenas expirar. Os chakras não giram só para a direita ou só para a esquerda. O universo é expansão e recolhimento, em todos os planos. Quando se medita sobre um chakra, uma das coisas que precisa fazer-se é ver qual é o movimento dominante nele, se horário ou anti-horário. O movimento horário faz com que o chakra projete energia para fora. O anti-horário é para captar energia do ambiente. Isso é fácil de se conseguir com um pouquinho de prática, usando a intuição. Raramente falha.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Sankalpa, a intenção

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Yoganidra em aula do Prof. Cristiano Bezerra no Espaço Respire em 17 de janeiro de 2015. Foto por Cristiano Bezerra

Yoganidra em aula do Prof. Cristiano Bezerra no Espaço Respire em 17 de janeiro de 2015. Foto por Cristiano Bezerra

» por Karin Heuser Wolff

O propósito (sankalpa) é aquilo que se pretende fazer ou conseguir. É uma intenção dirigida, mas também uma resolução. O propósito produz foco e direção para aquilo que queremos, e ajuda na concentração.

O sankalpa é uma ótima ferramenta para formarmos samskaras positivos, substituindo os negativos, pois com o desenvolvimento das qualidades opostas um elemento indesejável desaparece.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Yoga e Fé

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Padre Zezinho (1941-)

Padre Zezinho (1941-)



» por Padre Zezinho (1941-)

Entre os dias 3 e 6 de setembro de 1998 foi realizado, no Rio de Janeiro, o IX Congresso Brasileiro de Yoga. Entre as atividades realizadas, houve uma mesa redonda sobre Bhakti Yoga, onde representantes de várias correntes religiosas se encontraram e discursaram maravilhosamente sobre a vida espiritual e a relação com Deus. O Padre Zezinho, não podendo comparecer, enviou – para ser lido – o texto transcrito a seguir.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...