Quem manda no teu desejo?

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Kamadhenu, a vaca sagrada do deus Indra, na Mitologia Hindu

Kamadhenu, a vaca sagrada do deus Indra, na Mitologia Hindu


» por Ernani Fornari (Dharmendra)

Quando lemos textos ou ouvimos palestras sobre alimentação natural, o assunto acaba geralmente circulando em torno das questões relacionadas com a qualidade dos alimentos, as virtudes dos cereais integrais, a contaminação dos alimentos, os malefícios da carne e do açúcar branco, etc, etc. Tudo isso está abundantemente desdobrado na numerosa literatura disponível.

Este texto pretende abordar uma outra questão que é pouco colocada e que é o que verdadeiramente norteia, na grande maioria das pessoas, o ato de comer e a opção pelos alimentos: o desejo.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Documentário Dominion (2018)

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Dominion (2018)

Dominion (2018)


Dominion (2018) usa drones, câmeras escondidas e portáteis para expor o lado sombrio da moderna agropecuária, questionando a moralidade e a validade do domínio da humanidade sobre o reino animal.

Embora se concentre principalmente em animais usados como alimento, ele também aborda outras maneiras pelas quais os animais são explorados e abusados por seres humanos, incluindo roupas, entretenimento e pesquisa.

Narrado por Joaquin Phoenix, Rooney Mara, Sia, Sadie Sink e Kat Von D.

Co-produzido pelo criador de Terráqueos (Earthlings, 2005), Shaun Monson.

Dirigido por Chris Delforce e Lissy Jayne.

Filmado na Austrália, com uma mensagem global.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Introdução ao Vedanta

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Flor de Lótus fotografada por Cacilda Patrício

Flor de Lótus fotografada por Cacilda Patrício

» por Gloria Arieira (1953-), do Vidya Mandir

Vedanta é uma tradição de ensinamento que leva cada um a descobrir que já é toda a felicidade que sempre buscou.

O objetivo da vida é a felicidade. É o que todos buscamos. Mas, tentando ser felizes, encontramos sempre este problema que é o conflito. Os conflitos não podem ser evitados, pois o mundo é dual. Nós temos sempre diante de nós várias opções e precisamos fazer nossas escolhas, o que requer muito questionamento. Em qualquer situação, mesmo nas menores coisas, o conflito está sempre presente. Pela manhã, precisamos decidir se levantamos logo que toca o despertador ou se esperamos um pouco mais (“só mais dez minutinhos”). Ao sair de casa, a mesma coisa, “vou de carro ou vou de ônibus? ou será que vou de táxi? ou será que vou de carona com alguém?”. A pessoa que fica em casa também tem seus problemas: “será que eu faço arroz ou será que eu não faço arroz?”. Constantemente em nossas vidas temos de fazer opções e, ao decidir, ainda corremos o risco de concluir depois: “Não foi a melhor opção. Eu deveria ter escolhido outra coisa”.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Uma outra maneira de ver os chakras

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Chakras em um yogi

Chakras em um yogi

» por Tales Nunes

Sempre ouvimos que os chakras deveriam ser visualizados ou sentidos. Como não conseguimos vê-los ou senti-los em toda a complexidade que é apresentada pelo Tantra, propomos interpretá-los de uma maneira diferente. Sugerimos, neste artigo, apenas pensarmos sobre os chakras.

Acreditamos que o caminho à iluminação proposto pela prática tântrica pode ser pensada como uma simbologia da nossa própria trajetória de vida e da nossa busca pessoal pela espiritualidade, ou melhor, pela liberação.

De acordo com o Vedanta, independentemente de etnia, nacionalidade ou crença, são quatro as buscas dos seres humanos: artha (segurança), kama (prazer), dharma (o correto agir) e moksha (a libertação).

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...