Suapralascar: a Saudação ao Sol nordestina

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Ashtangi nordestino, em desenho de Maurício Salém

Ashtangi nordestino, em desenho de Maurício Salém

» por Tales Nunes, do Vida de Yoga (1)

Suapralascar do As-tanga Virilhasa Yoga(2): módi que o cabra sua até a alma!

As-tanga Virilhasa, módi que tem uns cabra lá na Índia que usa aquelas tanga de pano, que parece fraldão, pra praticá, aquele pano relando nas virilha. Pense numa assadura!

Veja MAIS »

  1. Artigo originalmente publicado em 13 de abril de 2006 em yoga.pro.br. Visite o site Vida de Yoga, do Prof. Tales Nunes, em vidadeyoga.com.br []
  2. Versão nordestina da Saudação ao Sol do Ashtanga Vinyasa Yoga. []
Compartilhe esse conteúdo por meio do

Paschimottanasana nordestino

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Paschimottanasana nordestino, desenho de Maurício Salém

Paschimottanasana nordestino, desenho de Maurício Salém

» por Tales Nunes, do Vida de Yoga (1)

1 – Sentado, com os cambito estirado pra frente, arregaça as banda das nádega pros lado, pregando os ossinho dos quarto no chão.

2 – Puxando o ar pelas venta, estira a espinha pra riba, os ombro vão pra baixo, diminuindo as cava das saboneteira.

3 – Soltando o ar pelas venta, desce a espinha estirada pra frente, segura com os dedo fura bolo e maior de todos o dedão do pé.

4 – Puxando o ar pelas venta, como se um cabra te puxasse pra riba com uma corda pela molêra, sinta a espinha estirar.

Veja MAIS »

  1. Artigo originalmente publicado em 6 de outubro de 2005 em yoga.pro.br, com ilustração foi feita pelo yogi Maurício Salem. Visite o site Vida de Yoga, do Prof. Tales Nunes, em vidadeyoga.com.br []
Compartilhe esse conteúdo por meio do

Yoga e política

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Sri Krishna e os cinco irmãos Pandavas, personagens do épico indiano Mahabharata

Sri Krishna e os cinco irmãos Pandavas, personagens do épico indiano Mahabharata

» por Tales Nunes

O objetivo do Yoga não é político em si. Você pode alcançar o objetivo do Yoga sem sequer falar de política. Moksha pode se dar numa caverna nos Himalaias. Mas isso não quer dizer que a política não esteja no Yoga.

Quando Patañjali fala dos oito membros do Yoga, como o suporte para o reconhecimento de si mesmo, ele começa pelos valores. Não é uma moral, é uma ética muito profunda. É uma ética em favor da estética, de uma vida mais bela e mais harmônica para todos. O fundamento dessa ética é a não violência. A não violência não consiste apenas em não matar ou não agredir. É um profundo respeito por todas as formas de vida, seja ela humana, em toda a sua diversidade, ou natural em toda a sua grandeza e delicadeza.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Quatro respostas sobre Yoga e meio ambiente

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Tales Nunes

Tales Nunes

» entrevista com Tales Nunes por Mônica Pinto, do portal AmbienteBrasil

Praticante de Yoga desde 1997 e professor desde 1999, Tales Nunes mudou-se de Aracaju (SE) para Florianópolis (SC) com dois objetivos claros: fazer um Curso de Formação em Yoga com o uruguaio Pedro Kupfer, radicado no Brasil e referência no setor, e Mestrado em Antropologia na UFSC. No Mestrado, o tema foi o significado da experiência corporal em praticantes de Yoga. Atualmente, ele ministra aulas na capital catarinense e edita os Cadernos de Yoga, publicação trimestral em que, na forma de artigos e debates, vem fazendo uma correlação direta entre a prática yogika e a preservação ambiental. AmbienteBrasil fez a Tales Nunes quatro perguntas. Confira!

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo por meio do