O controle das palavras

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Mira Alfassa (1878 - 1973), A Mãe

Mira Alfassa (1878 – 1973), A Mãe

» por Mira Alfassa, A Mãe (1878 – 1973)

Na Terra, o homem é o primeiro animal capaz de servir-se de sons articulados. Ele é muito orgulhoso disso. Aliás, se utiliza dessa capacidade sem medida nem discernimento. O mundo está ensurdecido pelo ruído de suas palavras, mas às vezes se é tentado a lastimar o silêncio harmonioso do reino vegetal.

O constante zumbido das palavras parece o acompanhamento indispensável das tarefas cotidianas. No entanto, logo que se procura reduzir o ruído ao mínimo, percebe-se que muitas coisas são feitas melhor e mais rápido no silêncio, e que isso ajuda a manter a paz interior e a concentração.

Se você não é sozinho e vive com outros, adquira o hábito de não se exteriorizar constantemente em palavras pronunciadas em voz alta, e você perceberá que, pouco a pouco, uma compreensão interior se estabelece entre você e os outros; poderá então intercomunicar-se reduzindo as palavras ao mínimo, ou mesmo em palavra alguma.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Benefícios de ardha baddha padma paschimottanasana, segundo Lino Miele

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Ardha baddha padma paschimottanasana, em desenho por John Scott

Ardha baddha padma paschimottanasana, em desenho por John Scott

» por Lino Miele

Este asana, ardha baddha padma paschimottanasana, a flexão do meio lótus entrelaçado, produz efeito poderoso sobre o fígado (yakrut) e o baço (pleeha), ambos órgãos que exercem seu papel nos processos digestivos do corpo.

O fígado controla a digestão das gorduras e contribui para o controle do metabolismo, ao passo que o baço produz os glóbulos brancos necessários para a resistência às enfermidades, ajudando a purificar o sangue.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...