Krishna Das sonha música e liberdade…

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

… e faz canções que lhe trazem esse sabor, com simplicidade, fugindo do rótulo de pop-star.

Krishna Das» por Fernanda Sciacio

Ram Sri, Ram de Jaya, Ram de Jaya Jaya – Krishna Das canta “a Ram Sri, a Ram de Jaya, a Ram de Jaya Jaya” – os participantes repetem, ecoando. No estúdio de Yoga de Piedmont (EUA), Krishna Das – cujo nome foi dado por Maharaj-ji e significa “o empregado de Deus” – fecha os olhos e concentra-se por um momento. É o ritual que precede shows ou workshops por ele “ministrados”. Depois disso, dirige-se ao espaço destinado ao kirtan (ou canto) e posiciona-se com os percussionistas.

O formato de seu kirtan é de “chamada e resposta”, explica Krishna Das, sendo que ele canta uma linha do mantra e o grupo ecoa-a. A finalidade de repetir as palavras em sânscrito? Simples: a fusão com o divino.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Bhagavad Gita: a grande batalha dentro do coração de Arjuna

Compartilhe esse conteúdo com alguém...


» por Rosana BiondilloArjuna e Krishna

A Bhagavad Gita é uma obra de incomensurável valor, amplamente admirada por sua vasta e profunda complexidade. Os grandes temas estão aí­ retratados e as angústias e sofrimentos humanos se mostram por inteiro. Mas há também um outro fator extraordinariamente essencial: a saí­da para essas angústias e dores também é aí­ mostrada, pois a Gita é certeira ao declarar que para o inevitável sofrimento há uma solução.

A melodia do coração

Krishna é o Grande Senhor do Yoga que tem em Arjuna seu dileto discí­pulo. Ao tocar sua flauta melodiosa, Krishna produz uma música que arrebata os corações de todos que a ouvem. Sua melodia é a melodia do coração. E é essa também a melodia da imensa Bhagavad Gita – a Canção do Divino Mestre, onde Krishna instrui pela linguagem do coração.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...