Introdução do livro Mergulho na Paz

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Capa do livro Mergulho na Paz» por José Hermógenes (1921-)

Sei muito bem do drama dos pássaros,
a disputar audiência
com os grandes ruí­dos do tráfego.

Agradecimento

As primeiras edições foram êxito de livraria. Foram consumidas. A sociedade de consumo aprovou-as! Como pode ter acontecido, se não fiz concessões, não adocei a pí­lula e fiz frontal e claramente as contestações que supus necessárias?!

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

A simbologia da estória de Ganesha

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Shiva, Parvati e Ganesha
» pela Equipe do Vidya Mandir

Ganesha é filho de Shiva e Parvati. Seu nome deriva da combinação das palavras sânscritas Gana (multidão, exército) e Isha (Senhor) = Ganesha (Senhor de todos os seres). O mito sobre Ganesha, conforme está escrito nos Puranas, nos conta que Shiva ausentava-se muito de casa e passava longos períodos de retiro nas montanhas. Nessas ocasiões, Parvati ordenava a um guardião que não permitisse a entrada de ninguém em seu palácio sem sua autorização. Todos os guardiões, entretanto, falharam em seguir a ordem de Parvati quando se tratava de Shiva querendo entrar em sua própria casa. Parvati decidiu, então, colocar uma pessoa que obedecesse somente ordens suas e não deixasse nem mesmo Shiva entrar, e criou de sua própria matéria um boneco, dando-lhe vida como seu filho e tornando-o seu guardião particular.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

O aperfeiçoamento do asana

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

» por Marilda Velloso
Katia Dacosta em utthita trikonasana
É muito comum ouvir-se falar nas escolas de Yoga: “Fulano faz asanas tão bem!”…

Claro que a pessoa que assim se expressa fala do “desenho” do asana, isto é, que o asana, em seu momento de estabilidade, mostra-se exatamente igual ao que vemos em fotos ou desenhos nos livros de Yoga.

É muito desejável chegar-se a este ponto de “perfeição”, pois significa que o praticante está com o seu potencial ósseo-muscular em perfeitas condições e que nenhum problema fisiológico o impede de praticar o asana em questão.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...