Yoga não é relaxamento por sugestão

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

» por Maria Alice Figueiredo

Yoga Vidya, a Sabedoria do Yoga - Conceitos FundamentaisMuitas pessoas buscam o Yoga pela necessidade de relaxar, porque estão tensas e nervosas e isso já começa a afetar-lhes a saúde. No entanto, o Yoga não é relaxamento por sugestão, embora exista uma técnica, chamada yoganidra, que emprega o relaxamento consciente e a auto-sugestão.

Tensão é uma contração involuntária, inconsciente e contínua da musculatura; é a contrapartida física da repressão psíquica. Ao afastarmos algo da consciência, mantendo-o no subconsciente, bloqueamos a passagem da energia sutil, contraindo nossos músculos, sem percebê-lo. Relaxar essas tensões profundas significa liberar, simultaneamente, a passagem da energia psíquica, permitindo que o consciente inteire-se do que havia sido escondido. Isso significa desvelar e encarar algo que havíamos considerado, anteriormente, estar além de nossas forças suportar.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Yoga não é religião

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Yoga Vidya, a Sabedoria do Yoga - Conceitos Fundamentais» por Maria Alice Figueiredo

A palavra religião vem do latim religare, ou reunir, que tem o mesmo significado da palavra Yoga. No entanto, o Yoga não é um sistema de crenças, e sim um trabalho objetivo, sistemático, de caráter científico/experimental, que, por ativar a consciência nos níveis superiores de nosso ser, capacita-nos a vivenciar estados espirituais de modo direto e autêntico, independente de qualquer sistema interpretativo particular, como o Zen Buddhismo, mais do que todos os demais caminhos de auto-realização, tem o cuidado de enfatizar.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Yoga não é mágica

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Yoga Vidya, a Sabedoria do Yoga - Conceitos Fundamentais
» por Maria Alice Figueiredo

Certa vez tivemos em nossa escola de Yoga um aluno de meia-idade, hipertenso, que estava com gastrite, muitos quilos a mais e extremamente tenso. Seus músculos pareciam pedras, de tão duros. Numa das primeiras aulas, um dos seus colegas perguntou à professora por que ela não comia carne. Ela respondeu que deixara de comer carne por haver percebido que isso dificultava a prática da meditação. No momento em que meditar tornou-se importante, não houve mais lugar para a carne. Além disso, disse ela, sua saúde melhorara tão acentuadamente que ela não pretendia tornar a comer carne, suprimindo esse hábito da sua vida.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Yoga Ltda. ou Yoga Livre?

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Caro(a) amigo(a) do Yoga,

Arjuna e KrishnaVocê está recebendo um manifesto em andamento1, um convite a refletir sobre a atual situação do Yoga, elaborado por iniciativa de Pedro Kupfer, Karin Heuser, Maurí­cio Wolff, Camila Reitz, Markus J. Weininger e outros estudiosos e amigos do Yoga. O manifesto completo pode ser lido abaixo e está sujeito a modificações, atualizações e alterações.

Sinopse

Um grupo de “profissionais de Yoga” levou ao Congresso Nacional um projeto de lei que regulamenta a profissão de Yoga, clamando ser esse o anseio da totalidade dos professores, instrutores, praticantes e simpatizantes do Yoga no Brasil. Com a regulamentação, seriam criados Conselhos Regionais de Yoga para fiscalizar, controlar e extorquir dinheiro da comunidade de professores.

Disputas de poder e econômicas à parte (a real força motriz que está por trás desse movimento), a questão que levantamos é que, além de causar uma burocratização desnecessária, absurda e sem sentido, esse projeto infeliz vai acabar trazendo consequências nefastas para o Yoga que se pratica aqui no Brasil.

Veja MAIS »

  1. Originalmente publicado em maio de 2002. []
Compartilhe esse conteúdo com alguém...