Hatha Yoga, uma ginástica…

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Professor Hermógenes em padmasirshasana na década de 1960

Professor Hermógenes em padmasirshasana na década de 1960

» por José Hermógenes (1921-)

Praticar ginástica é cada dia mais necessário, principalmente àqueles que vivem numa grande cidade, desempenhando ocupações sedentárias. As pessoas vivem em regime de sobrecarga para a mente, provocada por preocupações e problemas de toda espécie, desde a falta de empregadas domésticas até a iminência de um conflito nuclear, desde a dificuldade de transporte até a alta incessante do custo de vida… Por outro lado, há também a sobrecarga para o pobre organismo (nervos, músculos…), porque é preciso trabalhar em mais de um emprego a fim de não sucumbir às condições aflitivas do orçamento. O excessivo desgaste físico e mental conduz o homem a encher a casa de quinquilharias que a técnica fabrica para dar-lhe mais comodidade à vida, e também o leva a correr à caça de múltiplos divertimentos excitantes. As ocupações rotineiras e sedentárias o fadigam. A efervescência político-social o neurotiza. As comodidades o amolecem. Os divertimentos quase sempre o fatigam. Raramente consegue o homem moderno repousar e recuperar-se. Isso é coisa que somente durante as férias anuais poucos conseguem.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Árvore, mito e corpo no Yoga

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

» por João Tadeu de Andrade
Siddhartha Gautama, o Buddha Shakiamuni
Conta a tradição que a iluminação de Siddhartha Gautama se deu sob a sombra de uma árvore, conhecida como Bodhi. Em visita à Índia, encontrei um lugar de veneração a essa árvore. Não se trata da mesma, mas sim de uma distante descendente, uma vez que essa planta vive em média 300 anos. Circulada por uma mureta de proteção, e ilustrada com imagens de Buddha com os tantos nomes dados a ele em sua peregrinação no extremo norte indiano, a árvore Bodhi traz uma enigmática e delicada caracterí­stica: suas folhas apresentam a ní­tida forma de um coração.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

O mundo é o jardim de Deus

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Flor de Lótus molhada» por Svami Divyananda Sarasvati

Deus é um, mas são vários os Seus nomes.
A realidade é uma, mas seus caminhos são diversos.
A Espiritualidade é uma, mas são várias as religiões.
A Humanidade é uma, mas os seres humanos são diversos.

Não pode existir uma religião para o mundo inteiro.
Religiões são como flores de um belo jardim.
Cada flor tem a sua beleza individual,
somando-se à beleza total do jardim.


Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...