Yamas e Niyamas, a ética do Yoga

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Sri Krishna e os cinco irmãos Pandavas, personagens do épico indiano Mahabharata

Sri Krishna e os cinco irmãos Pandavas, personagens do épico indiano Mahabharata

» síntese por Cristiano Bezerra (1971-) (1)

Quando o yogi se torna qualificado, através da prática da disciplina ética, por abster-se de ações ilícitas (yama) e da auto superação (niyama), pode (então) começar a prática de asanas e das outras técnicas.
Yoga Bhasya Varana, II:29

Se você não tiver tempo ou disposição para agir conforme a ética do Yoga, tampouco terá tempo nem atitude para praticá-lo. Yama e niyama são os dois primeiros passos da caminhada, condição indispensável para que a prática dê resultados concretos.
Pedro Kupfer

Veja MAIS »

  1. Síntese por Cristiano Bezerra (1971-) em 2001 baseada em textos dos livros A Tradição do Yoga (1998), de Georg Feuerstein (1947-2012), Convite à Não-violência (1984), do Professor Hermógenes (1921-2015), e Yoga Prático (1998), de Pedro Kupfer (1966-). []
Compartilhe esse conteúdo por meio do

Com quantos niyamas se faz uma yogini?

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Sigmund Freud (1856 - 1939)

Sigmund Freud (1856 – 1939)


» por Adriana Bogéa (1)

Descobri o Yoga em um momento de profunda insatisfação profissional e de grande descontentamento com a insuficiência das respostas fornecidas pela Psicanálise, referencial teórico que escolhi ainda na faculdade de Psicologia, às minhas indagações sobre o viver. Ainda na faculdade, me encantei com a postulação freudiana sobre o Inconsciente, que era apresentada como a terceira ferida narcísica imposta ao ser humano, depois da Teoria de Copérnico e da Teoria de Darwin.

A noção de Inconsciente, “carro chefe” da teoria psicanalítica, trazia consigo a ideia da ingovernabilidade do ser humano, pois ele não seria mais “senhor” de si nem na sua própria morada. E isso se daria porque havia um lugar psíquico de certo modo “inacessível e indomável”, que direcionaria os comportamentos do indivíduo à revelia deste.

Veja MAIS »

  1. Artigo originalmente publicado em 27 de julho de 2010 em yoga.pro.br []
Compartilhe esse conteúdo por meio do

Yoga e Psicoterapia

Compartilhe esse conteúdo por meio do

Cristiano em preparatório do janusirshasana na sala de Yoga do Ar+Zen » foto por Ana Lorena Magalhães

Cristiano em preparatório do janusirshasana na sala de Yoga do Ar+Zen » foto por Ana Lorena Magalhães

» por Professor Hermógenes (1921-2015) (1)

Tratamento psicoterápico é o que procura sanear (tornar ) a mente, fundamentando-se na tese de que as condições de desequilíbrio, desarmonia, impureza e inquietude mentais são responsáveis pelos transtornos físicos. É tratamento comprovadamente eficaz. Sua eficácia demonstra a solidez da tese.

As escolas de psicologia do inconsciente, principalmente a Psicanálise e a Auto-análise, têm sido as que melhor atendem aos fins psicoterápicos. Têm sido as mais utilizadas pelos especialistas de todo o mundo.

Veja MAIS »

  1. Texto (originalmente publicado na década de 1960) extraído das páginas 94 a 99 da 35ª edição, de 2001, do livro Yoga para Nervosos, do Professor Hermógenes (1921-2015), e digitado por Cristiano Bezerra em 13 de junho de 2001. Visite o website do Instituto Hermógenes em hermogenesyoga.com.br []
Compartilhe esse conteúdo por meio do