Afirmações científicas de Paramahansa Yogananda

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Paramahansa Yogananda (1893 – 1952) em 1933

Paramahansa Yogananda (1893 – 1952) em 1933

» por Professor Hermógenes (1921-2015)

Encontrei em Paramahansa Yogananda (1893 – 1952)1 aquilo que, não deixando de ser linda poesia, poderíamos conceituar como uma oração yogika, uma prece perfeita.

Transforme-a o leitor em ritual diário.

Repita-a. Faça com que ela penetre em todos os planos da consciência. Viva-a com a integridade de seu ser.

Para melhor efeito, atenda a estas recomendações que se seguem2:

Veja MAIS »

  1. Adaptação de Afirmaciones Científicas para Curación (Scientific Healing Affirmations), Editorial Kier, Buenos Aires. []
  2. Enquanto não sentir absoluto conforto num dos asanas de meditação, medite numa cadeira onde, de costas apoiadas, mas conservando a verticalidade do tronco, possa permanecer mais de uma hora sem sentir o corpo. []
Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Benefícios de virabhadrasana, a postura do guerreiro, segundo Lino Miele

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Virabhadrasana, em desenho por John Scott

Virabhadrasana, em desenho por John Scott


» por Lino Miele

A prática de virabhadrasana, a postura do guerreiro, pode ajudar a aliviar dores relacionadas a condições reumáticas.

O reumatismo começa nos joelhos, passando para os cotovelos, depois para as mãos, e evolui para a cervical, podendo levar à fusão das vértebras cervicais.

Essa postura ativa o 5º chakra (vishuddha chakra) e o próprio pescoço beneficia-se diretamente da prática de virabhadrasana.

Os músculos do pescoço são fortalecidos e pode haver uma melhora da audição.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Gomukhasana, segundo Gustavo Ponce

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Go, “vaca”; mukha, “cara”; asana, “postura”

Cristiano Bezerra em gomukhasana
» por Gustavo Ponce

Lesões nos joelhos são muito comuns, devido ao desgaste natural a que estão expostos, pois devem suportar o peso do corpo enquanto caminhamos ou estamos de pé. Esta postura alivia tensões acumuladas nos joelhos e, ao mesmo tempo, abre os quadris e flexibiliza os ombros. Muitas pessoas que experimentam pela primeira vez essa postura podem encontrar dificuldades devido à forte sensação de abertura nos quadris.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Entrevista com Gustavo Ponce por Lygia Lima

Compartilhe esse conteúdo com alguém...



Realizada em agosto de 2009, por ocasião do Yoga pela Paz 2009, em São Paulo. Originalmente publicada em vimeo.com


Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...