Tapas, a austera disciplina

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

José Hermógenes em vrischikasana nos anos 1960» por José Hermógenes (1921-)

Entrai pela porta estreita;
porque larga é a porta e espaçosa a estrada que conduz à destruição,
e muitos são os que entram por ela;
ao passo que é estreita a porta e apertada a estrada que conduz à Vida,
e poucos são os que a acham.

Mateus, 7:13-14


Se o caminhante tem as pernas frágeis para tão longo e duro caminho, deve fortalecê-las antes de começar a andar.

Quanto os Mestres aconselham – pratiquem tapas – estão querendo salvar os caminhantes de uma provável derrota.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

A inteligência do corpo

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

» por Karin Heuser Wolff
Cathia Karin Heuser em hanumanasana - foto por Camila Reitz
Somos uma composição física, energética, emocional e mental que está em constante interação – uma influenciando a outra – em um jogo que pode tornar-se consciente. Tudo o que vivenciamos ao longo das nossas vidas faz com que estejamos assim como estamos agora. Portanto, somos o somatório das nossas experiências até o presente momento, e este é o momento de mudar.

As técnicas corporais do Yoga, os asanas, tornam esse somatório de experiências cada vez mais consciente, e através disso podemos mudar a nossa programação corporal, aperfeiçoar e desenvolver um estado de auto-observação constante e de como podemos interagir melhor com o meio, com o que nos cerca.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Ujjayi pranayama, segundo Karin Wolff

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

yogi tibetanopor Cathia Karin Heuser

Ujjayi significa extensão vitoriosa ou alongar a respiração. Essa respiração produz um som que inicialmente acontece de uma forma um pouco exagerada, pois a contração aperta a área da glote, na garganta, tornando a respiração muito barulhenta, mas, em seguida, com a prática, vai se descobrindo uma forma mais natural e suave de fazê-la, contraindo suavemente a garganta para cima e para trás. A sensação que dá é de que o ar entra pela garganta.

Um som suave e consistente ajuda a adquirir um fluxo consistente na respiração e também traz calor ao corpo, por causa da fricção que acontece.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...