O Yoga e o Ocidente

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Carl Gustav Jung (1875-1961)

Carl Gustav Jung (1875-1961)

» por Carl Gustav Jung (1875-1961) 1

Há pouco menos de um século o Ocidente adquiriu alguma noção do Yoga. Embora seja verdade que há mais de dois mil anos tenham chegado à Europa os mais variados tipos de narrativas maravilhosas provenientes da Índia fabulosa, com seus sábios e céticos onfálicos, contudo, só mediante os primeiros contatos com as Upanishads, trazidas ao Ocidente por Anquetil du Perron, teve início um verdadeiro conhecimento da filosofia hindu e da prática filosófica da Índia. Mas um conhecimento mais geral e mais aprofundado só foi possível graças ao trabalho de Max Muller, Oxford e aos Sacred Books of East, editados por ele. Esse conhecimento real, no entanto, restringiu-se inicialmente aos indólogos e filósofos. Mas o movimento teosófico, encadeado por Madame Blavatsky, não tardou em apoderar-se das tradições orientais e as colocou ao alcance do público.

Veja MAIS »

  1. Texto originalmente publicado em tradução inglesa em Prabuddha Bharata, Calcutá, fevereiro de 1936. []
Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Viver Vegetariano, livro de Maria Laura Garcia Packer

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Viver Vegetariano, de Maria Laura Garcia Packer
R$ 60,00

ESGOTADO!

108 receitas veganas inspiradas com sabedoria, arte e beleza.

Viver Vegetariano nos convida a sutilizar a vida e a buscar um suporte existencial nas coisas mais simples, belas e profundas.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Vegetarianismo sustentando a Vida, livro de Maria Laura Garcia Packer

Compartilhe esse conteúdo com alguém...

Vegetarianismo sustentando a Vida, de Maria Laura Garcia Packer
R$ 50,00

ESGOTADO!

Inspirações práticas para uma transformação consciente,
com 108 receitas veganas ilustradas.


Quando restringimos o vegetarianismo apenas a uma dieta, amputamos todo o seu lado mais profundo e para o qual essa prática existe: o respeito irrestrito pelos seres vivos em todas as suas formas. Reconhecer que optar por uma dieta vegetariana é, acima de tudo, uma mudança de paradigma, uma ação com sentido de crescimento e um crescimento com senso de evolução.

Veja MAIS »

Compartilhe esse conteúdo com alguém...